domingo, 14 de maio de 2017

[Depressão] Vamos sair?

Olá caros leitores e escritores, inspirado por uma determinada serie e empurrado pelo meu histórico de vida, nesta série de posts (sem numero determinado), listarei coisas que não se deve falar pra alguém com depressão.

Neste post, como já devem saber, falarei sobre o convite pra sair de amigos e familiares. Especialistas dizem que isto não deve ser feito, mas as pessoas não dão a mínima pra este tipo de alerta. Geralmente não se tem empatia por pessoas com depressão, portanto o que fazem? Convidam-nos pra sair de casa; aquele cantinho no qual você consegue se proteger do mundo, somente com seus sentimentos e pensamentos. Antes que alguém diga que não precisa deste drama todo, eu te digo; isto é fundamental pra uma pessoa depressiva, lhe explicarei o motivo.

Somos muito pensativos, geralmente prestamos atenção nas mínimas incoerências alheias, damos valor aos detalhes. Tentamos trazer ordem e lógica ao que nos envolve, detectando padrões de comportamento do tipo "confiável" e "não confiável", como auto defesa, mas isto é pra quem conhece a depressão desde o início da vida, como eu conheço. Outras pessoas desenvolvem este mecanismo na pré-adolescência, se isolando "repentinamente" das outras pessoas, geralmente levado pela incompreensão e falta de empatia pelas pessoas próximas a este indivíduo.

Tive problemas de desenvolvimento motor (nada grave) e consequentemente de dicção (esta sim bem acentuada), gerando o que chamamos hoje de "bullyng". Era tachado como alguém que não tinha "força de vontade", até hoje não sei o que querem dizer com exatidão, e que eu não interagia com as outras crianças. Obviamente era porquê eu era zoado até que cansassem de mim ou até eu bater em alguém; era a única forma, pois não tinha a escolha de não encontrar aquelas crianças novamente. Não importa o que todos falem; eu odeio cada uma destas crianças até hoje. Ou seja; a interação social me causava dor emocional.

Toda vez que houver um encontro com muita gente alegre, saiba que o depressivo não vai se dar bem, pois é o oposto dele e do ambiente no qual gosta de estar. Gente alegre costuma machucar as pessoas muito mais do que as tristes, pois ao meu ver (e penso que ao ver dos depressivos) estas pessoas não sentem empatia justamente por estarem felizes enquanto fazem piadas que podem ser dolorosas pra muitos. Claro que há aquelas pessoas felizes que vão tentar compreender e te chamar pra sair, você vai pra não se desfazer... Depois você sai no meio da festa, pois você não se sente bem com barulho, confusão e gente feliz; não escutando seus pensamentos, consequentemente perdendo a noção de quem você é de verdade.

Não são raras as vezes que depressivos temem que ao tratar de seus problemas, deixem de ser quem é pra se tornar pessoas felizes, as quais não se importam com as mesmas coisas de antes. O que desejo dizer é; o primeiro passo para ajudar alguém com depressão é escutá-la, sem partilhar os seus segredos pra mais ninguém, pois assim você conquista a confiança quebrada em outras interações sociais. Por isso não convide esta pessoa pra sair; peça permissão pra escutá-la e partilhar suas dores com ela também.

Abraços randômicos e a próxima...

2 comentários:

  1. Eu escuto, pessoas bem próximas a mim dizendo barbaridades sobre as pessoas depressivas, que as vezes tenho vontade de dar um murro neles. Eles não entendem pq não passaram por isso. Pra eles é frescura, basta "sair mais", interagir, parar de ficar lamentando, etc. Tem gente que fica melhor calado, pois as vezes, acaba só fazendo a pessoa se sentir pior :(



    Minha Fuga da Realidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem até video do Dráuzio falando sobre isto... Não sei o que querem que os depressivos façam pra satisfazer esta necessidade social de interação.
      A questão é que o indivíduo depressivo fica marginalizado de seu ciclo social, mas muitas vezes é tranquilo pra ele. O importante neste caso é dar suporte e e apoio, mas sem invadir muito o espaço.
      Em resumo; é necessário dar espaço pra conversa interna e apoio externo.

      Excluir

Olá! Fique à vontade para exibir sua opinião e deixe o link de seu blog/site também. Abraços Randômicos!